Ofensa Armadilha Mortal

Ofensa Armadilha Mortal

Adquira essa mensagem em MP3



INTRODUÇÃO

No decorrer da nossa caminhada cristã, inevitavelmente iremos nós deparar com escândalos. Sejam eles na política, na família, na igreja.  De fato estamos vivendo o tempo do fim, nestes dias Jesus está às portas, ninguém pode ser preciso com a data da volta de cristo, mas se olharmos para a natureza, para Israel, para a igreja vemos um alinhamento da escritura se cumprindo.

Os escândalos têm um problema, podem gerar uma ofensa em você, e é sobre isto que quero falar com você hoje.

Naquele tempo muitos ficarão escandalizados, trairão e odiarão uns aos outros, (MATEUS 24:10)

OS PERIGOS DA OFENSA EM NOSSA CAMINHADA.

Todos nos precisamos lidar com a ofensa em nossa caminha, e como você lida com isto é que fará toda a diferença em sua vida.

Significado da palavra ofensa:

Palavra que atinge alguém na sua honra, na sua dignidade; injúria, agravo, ultraje, afronta. Ação que causa dano físico; lesão.

Ato de atacar; ofensiva.

Ato ou dito que lesa um sentimento respeitável ou legítimo; desconsideração, desacato, menosprezo. Violação de um preceito, de uma regra; transgressão, pecado, falta.

Sensação desagradável, desgosto, aborrecimento causado por agravo ou indelicadeza.

A ofensa gera filhos.

  • A ira

Irai-vos, mas não pequeis Efésios 4:26.

A ira é controlável, você sabe bem com quem você fica irado, não é com qualquer pessoa, mas você pode botar tudo a perder se você falar na hora errada com a pessoa errada, da maneira errada.

  • A amargura

Cuidem que ninguém se exclua da graça de Deus. Que nenhuma raiz de amargura brote e cause perturbação, contaminando a muitos.  (Hb 12:15)

Um irmão ofendido é mais inacessível do que uma cidade fortificada, e as discussões são como as portas trancadas de uma cidadela. (Pv 18:19)

É mais difícil alcançar um irmão ofendido do que conquistar uma cidade fortificada. As cidades fortes tinham muros ao seu redor. Estes muros era a certeza de proteção. Os moradores destas cidades tinham os invasores do lado de fora, todos que chegavam passavam por uma sondagem. Os que deviam impostos não eram autorizados a entrar até que pagassem suas dividas. Os que tinham alguma doença eram mantidos do lado de fora por oferecer riscos.

Quando somos feridos, construímos muros para nos proteger, proteger nosso coração, passamos a ser seletivos, nos tornamos pessoas reservadas no extremo, não abrimos para ninguém, só aquelas pessoas que acreditamos estar do nosso lado. Mas em geral as pessoas do nosso lado também foram ofendidas. Ai o que acontece nos colocamos mais pedras no muro da pessoa que já esta aprisionada na sua muralha.

Vamos imaginar uma coisa você já pensou se José tivesse ficado ofendido com seus irmãos?

Ou Ana ofendida com Eli?

O cristão ofendido coloca o foco em si próprio, se torna introspectivo ou seletivo. Contudo meu irmão, hoje quero te convidar a se lançar no amor e correr o risco do amor incondicional.

Exemplo do mar da Galileia e o mar morto.

Mar da Galileia recebe água e tem peixes, arvores vida fluindo em toda a margem.

O mar morto, só recebe água, não fornece água para nem um lugar, não tem vida de Deus.

Como você esta nestes dias? Se você está aqui, está recebendo vida de Deus, oração, palavras proféticas.

Mas você tem sido um Mar da Galileia ou o Mar Morto?  

Assim alguém que está ofendido recebe vida, mas não consegue liberar vida.

Causa: o medo.

As armas com as quais lutamos não são humanas; pelo contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas. Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo. (2 Co 10.4-5)

Estas fortalezas criam padrões de raciocínio que impede de receber o conhecimento que vem de Deus.

No inicio esta fortaleza era para nos proteger, mas agora é fonte de tormento em nossa vida, por que se levantam contra o conhecimento de Deus, as verdades do Novo Testamento sobre o amor.

Quando filtramos tudo em nossas, magoas, decepções, derrotas e erros

Qual o antídoto para a ofensa?

  1. O perdão – Uma decisão.

Você decide perdoar uma pessoa porque você foi perdoado por Deus. Nós nos predispomos a nos ofender quando exigimos certos comportamentos daqueles com quem nos relacionamos. Quanto mais você espera mais são as chances de você se ofender. Não espere nada de ninguém.

Olhe para o madeiro.

  1. O amor

Sobretudo, amem-se sinceramente uns aos outros, porque o amor perdoa muitíssimos pecados. (1° Pedro 4.8)

Você é muito amado.

Rm 8.38-39

Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim. (Gálatas 2.20)

  1. Confiança em Deus

Se trabalhamos e lutamos é porque temos colocado a nossa esperança no Deus vivo, o Salvador de todos os homens, especialmente dos que crêem. (1 Tm 4:10)

Share

Recommended Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta nosso Facebook